O que fazer após comprar um imóvel

O sonho da tão sonhada casa própria foi realizado, mas o que fazer após comprar um imóvel?

Saiba que existe toda uma burocracia após o negócio ser fechado, e o ideal é você contar com a ajuda de um especialista, para que tudo seja feito com toda a segurança.

Se você acabou de adquirir uma casa ou apartamento, continue a leitura e descubra quais as etapas a seguir agora.

Saiba aqui também: Software para condomínio: como funciona?

O que fazer após comprar um imóvel?

Após o fechamento da compra de um imóvel, para você ser considerado realmente o dono, algumas providências devem ser tomadas.

Portanto, o que fazer após comprar um imóvel?

Contrato de Compra e Venda

Depois de fechado o negócio, deve ser feito o Contrato de Compra e Venda, no qual atesta o que foi combinado entre as partes.

Embora geralmente a assinatura deste contrato seja de forma presencial, com a evolução das tecnologias, hoje é possível assinar digitalmente, desde que seja em uma plataforma segura e certificada.

Escritura 

A escritura é feita em cartório, e para isso, é necessário pagar o ITBI – Imposto de Transferência de Bens Imóveis -, além de apresentar todas as certidões mostrando que o imóvel está ok, sem nenhum débito, assim como certidões do comprador e vendedor.

Estando tudo certo, é feita então a escritura.

Vale só lembrar que isso vale apenas para imóveis comprados à vista.

Registro no Cartório de Imóveis – RGI

Com a escritura em mãos, é necessário se dirigir ao Cartório de Imóveis da sua cidade para que seja feito o registro do imóvel em seu nome.

Quais são os gastos após comprar um imóvel?

Além de todas as etapas acima, saiba que existem despesas após a compra de um imóvel, que são:

ITBI – Imposto de Transferência de Bens Imóveis

Este imposto deve ser pago por quem compra o imóvel, e embora possa haver uma variação de cidade para cidade, não é superior a 2% do valor do imóvel.

Contudo, dependendo da cidade, você pode conseguir um desconto, geralmente se for usado o Sistema Financeiro de Habitação.

Escritura do imóvel

Como você viu acima, a escritura é feita em cartório, e também cobrada do comprador, no caso de uma compra à vista.

No caso de financiamento, é feito um contrato com um banco, com a mesma validade de uma escritura.

Registro do Imóvel

Para registrar o imóvel, o valor também pode variar, mas geralmente corresponde a 1% do valor do imóvel que consta no IPTU.

No caso de comprar o primeiro imóvel por meio do SFN, é possível ter um abatimento de 50% no valor do registro.

Certidão de Regularidade do Imóvel

Isso vale apenas para compra de imóveis usados, que atesta que aquele imóvel não tem nenhuma pendência.

Você pode solicitar a certidão diretamente no cartório ou contratar um despachante.

Laudo de avaliação do imóvel pelo banco

É uma taxa cobrada no caso de imóveis financiados, que se refere a uma avaliação do imóvel para conceder o financiamento.

IPTU

A partir do momento que o imóvel é registrado no seu nome, é necessário pagar o IPTU.

O valor varia de Estado para Estado, e até mesmo dentro da própria cidade, bem como de acordo com a área do imóvel.

Pode ser pago em cota única ou parcelado.

Condomínio

Vale a pena antes de comprar o imóvel, se informar sobre o valor do condomínio, que é um valor pago por todos os proprietários para a manutenção, água, luz, pagamento de funcionários.

Obras no imóvel

Dificilmente um imóvel tem a cara do comprador, seja o piso, a decoração do banheiro, enfim, algum reparo que você queira fazer.

Além de tudo isso, você terá gastos com móveis, eletrodomésticos e mudança.

Considerações finais

Agora que você já sabe tudo o que fazer após comprar um imóvel, vale a pena colocar tudo no papel para ter uma noção de quanto precisará reservar!